Simples e romântica

Uma dose de vinho, lua cheia e as estrelas. A brisa, janelas abertas e a vontade. A fogueira que aquecia, risos bobos sem maldade. – A canção. Cabelos ao vento, pés descalços levantando a areia. Dançante, contente e olhar inocente. Mesmo sem rimas era poesia. Era tão pouco, mas o necessário. Não precisa de muito,… Leia mais Simples e romântica

Desculpe meu jeito

Oi, desculpe meu jeito, Era pra ser um poema ou algo tão belo que te fizesse emocionar, Mas não encontrei rimas que chegassem à altura de seu olhar. Somos bobos! Tolos são aqueles que não entendem nosso encontro. O abraço que se dedica à ser meu abrigo, Amigo! Suspiro ao relembrar o primeiro toque, o… Leia mais Desculpe meu jeito

A platéia 

Entra dia e sai dia… Tudo é como antes, mas não há nada igual. Uma história, duas histórias, três histórias. Quem se importa? O roteiro é sempre o mesmo, Mundo grande, mundo pequeno. O que difere são as interpretações de cada personagem. Uns grandiosos, Outros sem coragem. A platéia se encanta; A platéia se distrai;… Leia mais A platéia