Poemas

E não importa aonde

Eita sorriso frouxo
Olhar intenso
Papo bom
E piadas de tirar o fôlego

Amiga conselheira
Dá esporro e não perdoa,
Mas se mexer com os seus
Vira logo uma leoa

De cara fechada
Muitos não se agradam
Freio na língua?
Nunca ouviu falar
Apenas seu abraço
Faz nos guardar

Espontânea e de personalidade
Pulso firme
E na mente a liberdade
Cheia de crenças,
Mas nada que a impeça

É horizonte
E não importa aonde
Como ou quando
É sempre referência nessa existência

Pouco fez
Só se fez
E tudo mudou
Sem auxílio
Foi asilo aos necessitados
E mudou o inesperado

É horizonte
E não importa aonde
Aqui escreveu uma linda história
Mudou histórias
E aquele sorriso frouxo
Ficará para sempre na memória

18/12/2020 – M.C.V

Francielle Cordeiro

5 comentários em “E não importa aonde”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s