Poemas

Sinto falta de casa

Quando eu era criança, só queria crescer, estudar e saber tudo, ser muito boa em alguma coisa, viajar o mundo e ajudar pessoas.
É… Acho que ainda não cresci;
Quanto mais estudo, mais me dou conta de que não sei de nada;
Consequentemente sou boa em alguma coisa, mas não o suficiente;
Me prendo no tempo de rotina e não consigo conhecer o mundo com meus próprios olhos e viajar, seja só “na maionese” mesmo,
E ajudar pessoas fica cada vez mais difícil nesse mundo de mediocridades, onde tudo tem algumas segundas ou terceiras intenções.
Sinto falta de casa.
Me perdi em algum momento do meu plano e hoje…
Só Sinto falta!

Alguém aqui também já se sentiu assim?

Francielle Cordeiro

5 comentários em “Sinto falta de casa”

  1. Quando mais aprendemos mais queremos aprender, temos um fascínio por aquele que não sabemos ou não podemos ver, mas a vida é contínuo aprendizado é ainda morremos sem nada saber! Como dizia Sócrates “Só sei que Nada sei”! Sobre o ajudar, você perder esta essência de amor que existe em você, mas é preciso separar o joio do trigo…. Adorei o seu texto, parabéns!… Um abraço fraterno do Poeta Carvoeiro…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s