Simples e romântica

Uma dose de vinho, lua cheia e as estrelas.

A brisa, janelas abertas e a vontade.

A fogueira que aquecia, risos bobos sem maldade.

– A canção.

Cabelos ao vento, pés descalços levantando a areia.

Dançante, contente e olhar inocente.

Mesmo sem rimas era poesia.

Era tão pouco, mas o necessário.

Não precisa de muito, só do teu cheiro.

Ela disse: Tu és simples e romântica.

Achei que fosse bom, mas partiu. Assim como aquela noite amanheceu, se foi e se quer me disse adeus.

9 comentários em “Simples e romântica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s