Sobre

Tanto faz/tanto fez

Oi!
Sou péssima em gravar nomes, datas ou observar pessoas, mas é claro que você já notou isso.

Calma. Dia 15/12/2019 foi quanto você, com seu jeitinho todo sem graça e inseguro, me pediu em namoro (apesar da minha ajuda, acredito que era o que queria hehe). Essa data eu anotei na agenda do celular e do coração.

Quando digo que você é uma interrogação, não fique chateado, é que eu realmente sou muito desligada e você também não me ajuda, mas aos poucos vamos nos conhecendo e reconhecendo melhor.

Não sei o que nos espera daqui para frente, mas saiba que quero tentar e, não quero nem saber… Vai ter que me aturar rsrs

Ok ok pra dizer que não sei nada sobre você, sei és uma pessoa maravilhosa (concluí isso antes da sua família falar), inteligente, turco, adora rúcula, tem um abraço abrigo e um olhar que conforta.

Não posso deixar de dizer “eu vou matar a Fran” hehe

  • É cilada Bino (Carga Pesada, 2007).

Talvez seja a cilada que me deixei cair, pois sabe aquele “tanto faz/tanto fez?!”, pois então, hoje tanto fez. E me fez mais feliz.

As inseguranças nos afastam de experiências incríveis e de pessoas maravilhosas.

O tanto faz como o tanto fez, é uma entrega involuntária de um alguém que desistiu, mas ainda “vai levando”.

Eu levei e te encontrei. Hoje você é o meu tanto faz, que tanto fez.

Sorte a minha.

2 comentários em “Tanto faz/tanto fez”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s