A cada Você

É difícil, ninguém prometeu que seria fácil, rápido e para sempre.

Talvez por minha vida não ter coerência com sua interferência

E o mundo dar muitas voltas e ainda sim, te dar corda.

Problema, é!

As vezes me jogo, Você aparece.

Nem sempre me escondo, Você foge.

Grito que sim, Você não ouve.

Se move, te trombo.

Me olha, mas não vejo.

Você é problema, mas não importa, haverá mais um de Você amanhã, depois de amanhã e sempre. Assim penso.

A cada Você, vou aprendendo mais.

A cada Você, o eu de hoje, virou um era,

Pois Você, se foi

E “os” Você por aqui, jamais serão.

Francielle Cordeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s