Poemas

Me encontrar

As vezes penso em ceder
Cair no seu jogo
Mas não,
Não Irei

O vento passou e voei
Notei,
O tempo vingou e mudei

Nada será como era antes,
Por mais que eu queira que fosse,
O seu amor já não me satisfaz mais
A sua vida já não me faz

Busco a paz,
Quero mais,
Fui além e me mostrei.
Quis sentir, ouvir e te admirar.
Quisera seu tempo, então preferi respeitar.

Me vi vagando, caminhando sem direção,
Mas foi só por um momento,
Pois me busquei daquela ilusão

Ao cair na realidade,
As respostas logo vieram à tona,
Percebi que a jornada em que vagava,
Não iria matar a minha sede

A garganta seca de palavras não ditas,
O delírio em depositar o meu balão de amor
Em cactos do deserto de sentimentos

A sede que me fez errar, que me fez buscar,
Que me fez amar,
Que fez me perder,
Mas também me encontrar.

Francielle Cordeiro e Igor Maschio

Publicidade

7 comentários em “Me encontrar”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s