Poemas

Ela

Dia e Noite ela lia seu passado.

Noite e dia, chorava por ter errado.

Seu passado a prendia,

Seu presente não fluía,

Seu futuro, não sabia.

Ela lia seu passado,

Mas mal sabia.

O amor que a faria contente,

Lhe esperava num presente,

Que se distanciava do ausente,

Ausência essa que não enxergava,

O presente não chegava mesmo estando lá,

Mas lia e insistia.

Ela

Ela lia.

Seu passado que feria,

A culpa por ter errado,

Mas não se perdoou,

Então… Era uma vez.

Anúncios

2 comentários em “Ela”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s