Poemas

Erva 🌿 da alegria

Pergunto- me:

Até quando continuarei a errar?
Minha alma caminha pela escuridão das estradas sem fim.
Guio-me pela leve brisa da manhã que não tem dia.
Tenho como companhia as sombras que estão comigo a todo o momento.
Consolo-me a brisar com a erva da alegria,
Pois ela cura o semblante de minha face;

Alivia a mente;

Me tira desse mundo e
Faz com que me sinta a voar pelo céu inatingível
e que com minhas mãos, alcancem as estrelas;
Fico a navegar em alucinantes aventuras.
Ao alto de um morro, sinto-me dona do mundo,
Pois acima de mim
Só há o meu EU!

… Mas depois, tudo acaba e a vida real volta a machucar.

Acho que devo fazer logo essa sutura para que a ferida se feche. Um dia posso não ter uma farmácia por perto para comprar morfina.

O diário de uma morta viva. 24 de julho de 2010.

2 comentários em “Erva 🌿 da alegria”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s