Poemas

Quando

Quando tudo parecer mentira,
Não pira!
Quando todos gritarem,
Se cale!
Quando estiver frio,
Se emocione!
Quando o silêncio reinar,
Não chore!
Quando você pensar que te abandonei…
Lembre-se que você esperou muito o “quando”
E que eu nunca saí daqui.
Abra os olhos e veja:
Atrás da mentira existe uma verdade sofrida;
Os gritos não declamam razão;
O sentir frio é só ilusão;
O silêncio diz muito e não importa o quanto eu segure sua não…
O seu “quando” Se tornou minha prisão.

Anúncios

5 comentários em “Quando”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s